Tiago de Vasconcelos

Disciplina:

Teoria da Contabilidade, Princípios da Contabilidade, Contabilidade Geral e Controladoria.


Área de Atuação Profissional:

Corporativo: Controladoria financeira, Controladoria Gerencial, Gestão Estratégica e Planejamento Financeiro.

Acadêmico: Professor de Pós-Graduação Lato e Graduação nas disciplinas de IFRS, Controladoria, Análise das Demonstrações Financeiras e Contabilidade de custos.


Mini Currículo:

Doutorando em Finanças pelo Mackenzie (2018), Mestre em Contabilidade e Controladoria pelo Mackenzie (2015), MBA em Gestão Empresarial pela USP (2006), Bacharel em Contabilidade pela Universidade Metropolitana de Santos (2009) e Bacharel em Administração pela ESPM (2005). Atua há 18 anos nas áreas Financeira, Contábil e de Controladoria de empresas multinacionais. Pesquisador do Mackpesquisa. Palestrante profissional em Cursos Corporativos e Professor há 8 anos em cursos Graduação e Pós-Graduação Lato Sensu.

Livro publicado: IFRS, Contabilidade fiscal e concessão de crédito.

Últimos Artigos:

  1. Concessão de Crédito para Empresas com Divergência entre a Contabilidade Fiscal e Societária no Brasil;
  2. CPC 17 Contratos de construção: Disparidades entre a contabilidade fiscal e societária no Brasil;
  3. A relação dos Ativos Intangíveis e o valor de mercado da empresas.

Visão do Docente:

O Registro no CRC é fundamental para a consolidação do bacharel em ciências contábeis como um profissional de contabilidade. Mesmo que o profissional momentaneamente não necessite do CRC para assinar balanços, pelo simples fato de o ter, já dá ao mercado uma maior segurança sobre a sua qualidade técnica e profissional. Isso é refletido pelo melhor empregabilidade e níveis salariais.

Atuava em minha carreira profissional como gerente financeiro de empresas multinacionais, que apesar de ter um bom conhecimento de contabilidade, ainda faltava pontos de melhoria. Visando o meu aprimoramento profissional, decidi voltar a estudar e optei pelo curso de ciências contábeis, visando especificamente o CRC. A partir do momento que obtive o CRC, consegui uma valorização profissional em termos salariais e de escopo de trabalho, o que me proporcionou evidenciação e projeção de carreira.


Sobre a disciplina:

Como a nova lei das SAs e com a introdução das IFRS no Brasil, e seus correlatos CPC, há uma grande oportunidade para os profissionais formados nos últimos 8 anos pois toda a forma de fazer contabilidade teve que ser reciclada, e os profissionais da velha guarda devem fazer atualizações para acompanhar esse atual momento profissional.

O IFRS/ CPC não impacta somente a área contábil, mas também a financeira e tributária, e também não somente contadores, mas administradores de forma geral.

Tanto o IFRS como o CPC aqui no Brasil, estão em constantes atualizações de suas normas, seja realizando revisões em normas já existentes, seja por meio de novas normas com a finalidade de proporcionar uma padronização global e melhor evidenciação da situação patrimonial e resultado para o mercado, sendo o mais fidedigno possível com a realidade da empresa.

Unidade

Central de Atendimento