Sandro Braz Silva

Disciplina:

Contabilidade Geral e Análise de Demonstrações Contábil - Financeira


Área de Atuação Profissional:

Na Empresa: Contabilidade Geral e Finanças.

Autônomo: Consultoria de modo geral – Foco em registros contábeis e análise de gestão.


Mini Currículo:

Doutorando em Administração de Empresas com foco em Finanças Corporativas. Mestre em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário Fundação de Escola de Comércio Alvares Penteado – Uni-FECAP (2008). Graduado em Ciências Contábeis pelo Centro Universitário de Jales (1999). Atualmente atua na docência universitária e pesquisas. Palestrante, Pesquisador e Professor do Departamento de Ciências Contábeis da UNIFESP/EPPEN/OSASCO-SP, em diversas disciplinas ligadas a Contabilidade Financeira; Contabilidade, Finanças e Auditoria Governamental; Análise de Demonstrações Contábil-financeiras, governamental e de empresa. Também docente na STRONG/ESAGS de Santo André-SP, conveniada à FGV e na Saint Paul Escola de Negócios.

Ex-Professor Assistente da Coordenação do Curso de Ciências Contábeis da UNINOVE, do corpo do NDE (Nucleo Docente Estruturante) ativamente e atualmente docente em disciplinas ligadas à registro contábil, controle e análise de empresas e de organismos públicos. Atuei como Contador-Chefe da Prefeitura de Rubinéia-SP, Responsável pelo Controle Interno da mesma municipalidade e, também, como Contador do IPREM-Rubinéia/SP (Instituto de Previdência Municipal).


Visão do Docente:

O registro profissional do Conselho Regional de Contabilidade é importante devido a ser o acesso para trabalhar como profissional da área. Sem o registro, dificilmente trabalhará em serviços de Contabilidade. Com o registro do CRC você poderá atuar em empresas, instituições do terceiro setor, governamental, instituições financeiras, enfim, na prestação de serviços contábeis. A pessoa que possui o registro profissional de Contabilidade poderá prestar serviços de altíssima confiança da sociedade, de pequenas, médias, grandes empresas e multinacionais, além de poderem fazer concursos públicos nas três esferas governamentais e diversas entes do ramo: Fórum, Tribunal de Contas, Receita Federal, CVM, entre outros.

Quando conquistei minha carteirinha, em 2000, tinha interesse em atuar na área e, minha primeira oportunidade foi por meio de um concurso público, onde o realizei e em primeiro lugar me coloquei. Fiquei desnorteado em saber que acabara de sair de uma faculdade pequena do interior e tivesse capacidade de passar num concurso e, justamente na área em que estudei. Quando fui chamado a tomar posse, a alegria tomava conta de mim. Com este cargo fui convidado a fazer parte de uma função de ponto máximo na Contabilidade de um Município: Responsável pelo Controle Interno, uma espécie de Controller Público. Foram momentos inesquecíveis, pois ali debatíamos assuntos de Contabilidade ligados às Licitações, Compras, Educação, Assistência Social, Saúde, Previdência, enfim, um mar de assuntos que só vimos pela televisão.


Sobre a disciplina:

Eu divido em cinco possibilidades de oportunidades para conquistar e ser feliz em seu posicionamento e atuação profissional: registros contábeis legais; tributos; gestão; governo; áreas específicas. A primeira trata sobre os IFRS, os CPCs, as NBC TGs, princípios contábeis que todos os contadores devem conhecer. Já o segundo, em minha modesta opinião, é um dos cânceres da empresa, onde além do profissional de contabilidade atuar de modo constante com registros e normas tributárias ele aumenta a expectativa de arrecadação e futura melhoria de vida aos cidadãos.

Na terceira possibilidade, a gestão é a base para tomada de decisão na empresa, no qual trabalhará com assuntos voltados à gestão de custos (ou câncer), análise contábil-financeira para apresentar a saúde da empresa ou estudar compras de empresas, entre outras possibilidades. A quarta oportunidade é traduzida em prestar serviços de contabilidade, controladoria, finanças, licitação entre empresas e ao próprio governo, além de ser servidor público de carreira. Por último, vejo que áreas específicas vêm se configurando como uma excelente oportunidade, pois, áreas como financeira, seguros, previdência, imobiliária, construção civil, são grandes oportunidades na área contábil, justamente por não haver profissionais capacitados à altura dessas áreas do conhecimento.

Unidade

Central de Atendimento